28/02/2016

Meias de Março



Terça-feira começa o desafio mais aguardado do século: as Meias de Março!

Este belo ramalhete são as cores que escolhi para as minhas meias. As meadas estão dobadas em novelos de 50g para fazer as duas meias ao mesmo tempo. São todas Dona Maria  e já as emparelhei com um modelo. Claro que até ao fim do mês posso mudar de ideias...

Entretanto, enquanto guardava os novelos em sacos de projeto reparei que alguns combinavam, e pensei que seria giro ter um saquinho a condizer com cada cor que vou usar. E pronto, mergulhei no stash dos tecidos e o resultado é o que se vê!

Para já o plano é tricotar o máximo de meias, por esta ordem :

1. cor: manel, modelo: vanilla latte socks, destinatário: marido

2. cor: thinking about you, modelo: flying north, destinatário: eu

3.  cor: into the forest, modelo: skyp rib socks, destinatário: marido

4. cor: camomila, modelo: meias TPC, destinatário: eu

5. cor: juno, modelo: zigzagular socks, destinatário: marido
6. cor: blue sky, modelo: monkey, destinatário: eu

7. cor: são rosas, modelo: business casual, destinatário: eu

8. cor: golden brown, modelo:  simple skip socks, destinatário: marido

9. cor: natal #5, modelo: geek socks, destinatário: eu

Como se esta animação não fosse suficiente, a Carla ainda nos arranjou um logotipo!

12 comentários:

  1. Uauuuuuuuu! Lindos sacos a combinar com lindos fios! Boas escolhas! Venha lá março!

    ResponderEliminar
  2. Que organização! Bem, mesmo que mudes de planos este que traçaste é... ❤️❤️❤️
    Lindos os saquinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Sem os teus lindos fios não seria possível!

      Eliminar
  3. Fantástico!! adorei a combinação com os sacos!! mais uma vez em grande!!

    ResponderEliminar
  4. Isabel, as fotos com tudo a condizer! Adoro!

    ResponderEliminar
  5. Fantástico!!!
    Prémio "melhor planeamento"! ��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais divertido foi, sem dúvida nenhuma! Obrigada Luísa.

      Eliminar
  6. Adoro! Os fios são lindos. Os sacos giríssimos. Sem palavras.

    ResponderEliminar